05/06/2017 08h24 - Atualizado em 05/06/2017 08h24

Doleiro financiador do PT, Marun e de filho de Odilon é investigado pela PF

Fabiano Portilho
 
Advogado Adriano Magno de Oliveira, filho de Odilon de Oliveira e irmão do vereador financiado por Dirceu Deboni Advogado Adriano Magno de Oliveira, filho de Odilon de Oliveira e irmão do vereador financiado por Dirceu Deboni

O dono da Induspan Industria E Comercio De Couros Pantanal Ltda e da Casa de Câmbio Deboni em Campo Grande (MS) e Curitiba (PR) Dirceu Roveda Betoni, além de ser investigado pela Policia Federal no "escândalo do dossiê" ou aloprados na compra de um dossiê envolvendo Serra, ex-ministro da Saúde, no escândalo da Máfia dos Sanguessugas e com isto inviabilizar sua vitória ao governo do estado de São Paulo em 2006, também é investigado por fraudes e crimes relacionados contra a ordem financeira.

O total de notas emitidas pela INDUSPAN a serem averiguadas ultrapassa os R$ 5 bilhões, porque ele lida com EXPORTAÇÃO e ai entra a Policia Federal, COAF, Receita Federal e Comissão de Valores Mobiliários e até agora foram analisados R$ 4,634 milhões. Os ofícios foram encaminhados para os estados do Paraná, Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso para fazer o levantamentos nas seguintes empresas;

Incorporadora Santa Genoveva, M. D. Factoring Ltda. - ME, Santa Genoveva Comercio de Couros Ltda - ME, todos em Curitiba (PR), Construtora e Incorporadora Marins Ltda, que esta em nome de Rita De Cassia Marins Dallago e Deboni Distribuidora de Titulos e Valores Mobiliarios Ltda, que está em nome de João Eduardo Marins e Agropecuaria Angelita Ltda em nome de Antonio Deboni.

Por outro lado, a INDUSPAN do empresário e ele próprio Dirceu Deboni vem financiando o PT, o Secretário de Governo de Minas Gerais, Odair Cunha do PT, o Deputado Marun defensor de Temer, Cunha e Puccinelli e o filho do Juiz Federal Odilon de Oliveira desde 2004. Acompanhe:

Em 2014 por exemplo a Induspan doou a Campanha do Senador Delcídio do Amaral ao Governo do Estado, R$ 300 mil reais, **já para o Diretório Estadual do PT a qauntia de R$ 600 mil reais. Mas não para por ai, doou também para o Deputado Federal Carlos Marun (PMDB), defensor de TEMER, Puccinelli e Cunha, todos na MIRA ou presos por alguma Operação da Policia Federal. É sabido por todos que em 2014, o Coordenador de Campanha de Delcídio era o suplente de Senador Pedro Chaves (PSC). Já em 2006, em sua primeira campanha para Deputado Federal Dagoberto Nogueira Filho recebeu o valor de R$ 20.000,00 do Curtume **

Ligações em MINAS

A INDUSPAN do polivalente empresário e agora DOLEIRO Dirceu Betoni financiou também o Deputado Federal do PT em R$ 200 mil, Odair Cunha, que foi eleito presidente estadual do Partido dos Trabalhadores em 2013. No ano seguinte, teve a importante missão de coordenar a campanha de Fernando Pimentel ao Governo de Minas.. Pimentel é alvo de diversas investigações no STF no que tange a LAVA JATO.

Atualmente Odair Cunha é braço-direito de Pimentel e seu Secretário de Governo, no qual é responsável por articular e coordenar a ação política entre o Governo do Estado com prefeitos, Assembleia Legislativa e Congresso Nacional, além de participar efetivamente da tomada de importantes decisões que envolvem o funcionalismo público e órgãos do Estado.

Uma coisa chama a atenção dos Corregedores do TRF3 que já fizeram uma devassa na 3ª Vara Federal comandada por Odilon, é que Dirceu Roveda Deboni, dono do Curtume Induspan e principal doador do Vereador Odilon de Oliveira Junior (PDT), filho do Juiz Federal Odilon de Oliveira é testemunha de Clair Assunto Smaniotto preso por Agentes da Receita Federal e Policia Federal em Ponta Porá por Contrabando e Descaminho num processo no qual Odilon de Oliveira é o Magistrado Julgador.

Por fim, reparem o SLOGAN da empresa DEBONI, do empresário Dirceu Deboni em sua página no FACEBOOK. Deixo as devidas conclusões para os senhores. Bom Dia!

Envie seu Comentário