Dólar tem maior queda em 3 meses e fecha a R$3,93 com avanço de Bolsonaro

02/10/2018 20h21 - Atualizado em 02/10/2018 20h21

Nova pesquisa apontou crescimento expressivo de Bolsonaro, enquanto Haddad permaneceu estacionado

Cabral Lucas

Dólar: moeda recuou 2,08 por cento, a 3,9349 reais na venda, menor nível desde de 17 de agosto

São Paulo – O dólar registrou a maior queda percentual diária em três meses e meio e fechou em 3,93 reais nesta terça-feira, 2, depois de ter flertado com os 3,90 reais na mínima, com os investidores animados com o avanço de Jair Bolsonaro (PSL) nas intenções de votos à Presidência em pesquisa do Ibope, aumentando a vantagem em relação a Fernando Haddad (PT).

O dólar recuou 2,08 por cento, a 3,9349 reais na venda, para o menor nível desde os 3,9147 de 17 de agosto.

Foi ainda a maior queda percentual desde a baixa de 2,15 por cento, ocorrida no pregão de 15 de junho passado.